O Colégio Adélia Camargo Corrêa é referência na área da saúde na baixada santista, atuando nesta área a mais de 10 anos, onde vem construindo um sólido padrão educacional que forma profissionais competentes e imbuídos de suas responsabilidades como profissional da saúde. Temos muito orgulho de vermos, hoje em dia, vários ex-alunos que se tornaram não só profissionais de destaque como também professores de várias outras escolas na baixada. E é desta forma que esta instituição de ensino interage em nossa sociedade. O curso inicia com disciplinas essenciais da área da saúde, com aulas em laboratórios e estágios supervisionado em hospitais conveniados, onde o aluno tem oportunidade de vivenciar a dinâmica do dia-a-dia nos hospitais, de maneira a prepara-los para futuramente integrar equipes de enfermagem, para realizar ações relativas à proteção e prevenção, à educação, à recuperação e a reabilitação da saúde. Sensibilizar-se com as condições de enfermidade dos pacientes possibilitando assim uma condução das atividades necessárias para oferecer um atendimento de qualidade aos pacientes, com competência, ética e fraternidade. O curso está organizado em três módulos, ao longo de 18 meses, e oferece a vantagem de que,  após a conclusão do segundo módulo, o aluno possuirá uma profissão e poderá atuar legalmente como “Auxiliar de Enfermagem”. O exercício da atividade de Enfermagem, observadas as disposições da Lei nº 7.498, de 25 de junho de 1986, e respeitados os graus de habilitação, é privativo de Enfermeiro, Técnico de Enfermagem, Auxiliar de Enfermagem, e ainda, só será permitido ao profissional que estiver inscrito no Conselho Regional de Enfermagem – COREN.

PERFIL DO TÉCNICO EM ENFERMAGEM

Ao final do curso o aluno estará apto a atuar como profissional da área da saúde nos programas públicos de saúde no âmbito distrital (Secretaria de Estado de Saúde e SUS-DSF) e nacional (Sistema Único de Saúde - Ministério da Saúde). Aplicando seu conhecimentos no tocante a promoção, recuperação e reabilitação da saúde, de forma a incrementar a qualidade e a integralidade da atenção à saúde nas comunidades atendidas. Assim, destaca-se uma formação crítico-reflexiva sobre os princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde, os direitos do cidadão e as necessidades de saúde da população. Desta forma devemos destacar aspectos que compõe o perfil destes alunos como o bom relacionamento interpessoal; senso crítico e autocrítica; iniciativa; flexibilidade; senso de observação; capacidade de autogestão; capacidade de abstração e de raciocínio lógico; resolução de problemas; enfrentamento de desafios; comunicação de idéias; tomada de decisões; trabalho em equipe.

Pontos fortes do curso:

  • Qualificar Técnicos de Enfermagem com consciência crítica, visão e compreensão da realidade, para interagir nas necessidades de saúde e para reduzir o índice de ameaça à saúde do povo;
  • Oferecer conhecimentos técnico-científicos relativos à prestação da assistência de enfermagem e tornar os alunos aptos a integrar equipes multiprofissionais de saúde na prevenção e cura de doenças e, também, na reabilitação do ser humano;
  • Habilitar o aluno para o exercício legal da profissão (COREN);
  • Conscientizar sobre responsabilidade da sua atuação, bem como sobre a necessidade de uma postura ética profissional e pessoal.

DIPLOMAÇÃO

            O formando ao final do Curso terá direito ao seu Histórico Escolar, Diploma de Técnico em Enfermagem e ainda o direito de solicitar junto ao seu órgão de classe o COREN (Conselho Regional de Enfermagem) seu respectivo registro.

INGRESSO

Como requisito para o acesso ao curso exige-se a conclusão do Ensino Médio e ser maior de 18 anos.
MERCADO DE TRABALHO
O Técnico em Enfermagem e o Auxiliar de Enfermagem podem exercer suas atividades em uma variedade de estabelecimentos, como:

  • hospitais, maternidades e santas casas, públicas ou privadas, civis ou militares;
  • consultórios e clínicas médicas de estética e odontológicas;
  • laboratórios de análises clínicas, medicina nuclear e de diagnósticos;
  • ambulatórios de empresas – enfermagem do trabalho;
  • postos de saúde e centros comunitários;
  • enfermarias de escolas, creches, clubes e academias;
  • unidades móveis – SAMU, SIATE e as outras de convênios particulares: ECCO-SALVA, UNIMED, VIDA, etc.;
  •  “home care” - atendimento domiciliar*.
  • Negócio Próprio

DURAÇÃO DO CURSO

     Os Cursos têm duração de 18 meses, divididos e 03 (Três) Módulos.  

APROVAÇÃO DO CURSO

       
Lei Federal nº 9394/96, Decreto Federal nº 5154/04, Indicação CEE nº 14/97, Deliberação CEE nº 25/77,

 
Grade Curricular

Enfermagem Materno Infantil I:
Gravidez, sinais de probabilidade, Sinais de Certeza, Assistência Pré Natal, Assistência de Enfermagem na 1ª consulta, Exames solicitados após a confirmação da gravidez, Assistência de enfermagem nas Consultas Subseqüentes, Orientaçã, O Programa de humanização no Pré natal e nascimento, Pricipios, Estratégias, programas e seus Componentes, Recomendações do programa, Assistência Pré natal, Calendário de Consultas, Consultas, Cálculo da data provável do parto, Higiene pré natal, Atividade sexual, Assistência odontológica, Outros cuidados, Alterações do Corpo da Gestante, Alteração do Sistema Endócrino, , Gonadotrofina Corionica Humana (HCG), Lactogeneo Placentário Humano, Hormônio melanócito Estimulante, Aldosterona, Estrógeno, Progesterona, Alterações do sistema reprodutor, ùtero, Alteração do sistema Músculo – Esquelético, Alteração no sistema Cardiovascular, Alteração no sistema Respiratório, Alteração no sistema Gastrointestinal, Desconforto comum na Gestação, Dispinéia, Assistência de Enfermagem nos períodos Clínicos do Parto, Dilatação e Expulsão, Etapas do Trabalho de parto, assistência de enfermagem no Puerpério, Modificaões locais Pós Parto, Asistência de Enfermagem à Puerpera de Cesária, Exame do Recém Nascido, Complicações no Puerpério, Rachaduras e fissuras do mamilo, Complicações mais comuns da gravidez, Deslocamento prematuro da Placenta, Mola Hidatforme – Mola Hidatica, Tipos de Gravidez.

Anatomia Fisiologia I:
História, posição Anatômica, Posição Supina ou cúbito Dorsal, Posição prono ou Decúbito Ventral, Decúbito lateral, Posição de Litotomia, Posição trendelemburg, planos Anatômicos, plano superior, Plano inferior, Plano Anterior, Plano posterior, plano Lateral, Divisão em Partes essenciais, Divisão do Corpo Humano, A água, Constituição do Corpo humano, Nomenclatura Anatômica Atualizada, Sistema muscular, sistema esquelético, funções, Divisão, Classificação, Ossos, Tóraz, Corpo, Processo Xifóide, Costelas, Coluna, Hiepercifose, Hiperlordose, escoliose, Membros inferiores, Sangue, Diapedese, Músculo, Tecido muscular, Produção de calor, Fibras, sistema Nervoso.

Enfermagem Médica I:
Confiabilidade (definição, cálculos, taxas de falhas, contabilidade definida pela taxa de falha), TMEF – Manutenibilidade, TMPR, Organização da manutenção, Sistema misto, Motores elétricos, Diagnósticos de anomalidade em motores elétricos, Defeitos mecânicos, Barra de conexão, Isolamento, Manutenção em dispositivos de proteção, Manutenção em Transformadores, Geradores, Manutenção em Subestações.

Saúde Mental:
Saúde mental coletiva e individual; saúde mental como promotora da saúde global; Técnicas de intervenção da enfermagem em saúde mental; Perfil do enfermeiro de saúde mental; a saúde mental do profissional de saúde; os cuidados de enfermagem à pessoa portadora de sinais e sintomas de transtornos mentais.

Psicologia e Ética:
Estudo da estrutura e dinamismo do comportamento humano. A dimensão social da identidade individual, aspectos sócio-antropológicos da construção do psicológico. A dimensão psicológica da identidade social. A psicologia na prática da enfermagem. Os aspectos psicológicos e psico-sociais do processo saúde-doença, Ética. Bioética e seus princípios. Dilemas ético-legais. Lei do exercício profissional. Código de Ética de Enfermagem. Leis eleitorais de Enfermagem e outros instrumentos legais no âmbito da enfermagem. Lei orgânica da saúde. Entidades de classe na enfermagem.

Farmacologia:
Antiinflamatórios não esteróides, Mecanismo de ação, Efeitos, Efeitos Adversos, Inibidores Seletivos, Usos Clínicos, Fármacos do Grupo, Inibidores preferenciais da COX – 2, Inibidores da COX – 2, Antibióticos Quimioterápicos, Introdução, Conceitos, História dos antibióticos e descobertas relacionadas, Características gerais das drogas antimicrobianas, Mecanismo de ação dos antimicrobianos, Exemplos das principais estrurturas ou etapas metabólicas afetadas por antibióticos, Inibição da síntese da parede celular, Ligação à membrana citoplasmática, inibição da síntese de ácidos nucléicos, Inibição da tradução, Exemplos de Drogas que interferem com a síntese protéica, Antagonismo metabólico, Resistência microbiana,

Higiene e Profilaxia:
Técnica de Lavagem das mãos, Prontuário do Paciente, Higiene Coletiva, Precaução padrão, de contato, para gotículas e para Aerossóis, Febre Tifóide, Transmissão, Recomendações para áreas com risco de transmissão, Manifestação, Medidas de proteção individual, Tratamento, Brucelose, Sinônimos, Febre de Malta, Febre ondulante, Quadro Clínico, Diagnóstico laboratorial, Tratamento, epidemiologia, As doenças transmissíveis através da história, Doenças transmissíveis no Brasil, Doenças de Veiculação Hídrica, Amebíase, Hepatite infecciosa, Giardiase e cripitosporidiase, Cólera, Gastroenterite, Febre tifóide e paratifóide.

Nutrição e Dietética:
Valor nutritivo dos alimentos; necessidades nutricionais do indivíduo sadio nas várias fases do ciclo vital; aleitamento materno; alimentação equilibrada; alimentação alternativa, temas relacionados aos aspectos sociais e culturais da alimentação: hábito alimentar; marketing; temas relacionados à dietoterapia: nutrição em cirurgia, nutrição enteral; nutrição parenteral; dietas especiais; temas relacionados à nutrição em saúde pública: situação nutricional da população brasileira; carências nutricionais; política econômica; outros: fisiologia da digestão; organização do Serviço de Nutrição e Dietética e da Cozinha Dietética; higiene de alimentos; educação nutricional; avaliação nutricional; noções de culinária, Em relação a dietas especiais para doenças, foram explicitamente citadas as seguintes: Diabetes melitus, doença renal crônica, anemia, desnutrição calórico-protéica, obesidade, anorexia nervosa, hipertensão arterial, nefropatias, hepatopatias, diarréias, AIDS, dislipidemias.

Drogas e Soluções:
Cálculos específicos para a área de medicação; Drogas e Soluções : Indicação geral de antibióticos, anti-arrítmicos, diuréticos, insulina, vaso-dilatadores e vaso-constritores e seus efeitos colaterais;

Enfermagem Saúde Pública:
Conceito de Saúde, História Naturalda Doença, Humanização na Saúde, O Enfermo face a doença, O enfermo, Equipe de saúde, Caraquiteristica de uma Equipe desumanizada e humanizada, Instituições, O Ambiente Hospitalar, Atitudes que Constroem e destroem, Programa Nacional de imunização (PNI), Calendário Básico naconal de Vacinação, Sistema Único de Saúde (SUS), Finalidade da Vigilância Epidemiológica, Funçôes, Compet~enciaOperacionalização, Coleta de dados e informações, Notificação, Invstigação Epidemiológica

Anatomia Fisiologia  HumanaII:
Tubo Digestivo, Boca, língua, Dentes, Glândulas salivares, Úvula, Faringe, Esôfago, Piloro, Pâncreas, Fígado, Vesícula Biliar, Duodeno, Jejuno, Íleo, Válvula Ileocecal, Apêndice vermiforme, Cecun, Colon ascendete, Colon transverso, Colon descendente, colon signóide

Enfermagem Médica II:
Revisão de Anatomia Cárdio-circulatória, Doenças Cardíacas, Miocardiopatias, Cuidados e tratamentos, Arterioscleros e Arteosclerose , métodos preventivos e cuidados e tratanento, Interpretação de gasometria arterial e venosa, Função renal, métodos, tratamento, cuidados e doenças de base, Refluxo gastresofágico, Ulcera péptica, Doença Celíaca, Drenagem vesical, cuidados e tratamento, Endoscopia, Acalasia, o que é meios de contaminação, Enteroclisma, Sondas, cuidados material e técnicas, Drenos, cuidados e técnicas, Anotações de enfermagem e terminologias.

Microbiologia:
Vírus, Sarampo, Rubéola, Síndrome da rubéola, Parotidite Infecciosa, poliomielite, Varicela/herpes Zoster, Herpes Simples, Papilomavirus Humano (HPV), AIDS, Dengue, Febre Amarela, Raiva, Hepatite A, Hepatite B,  e C, Bactérias, Difteria, Coqueluche, Tuberculose, Cólera, Botulismo, Meningite, Meningocócica, Tétano, Leptospirose, hanseníase, Gonorréia, Sífilis, sífilis Congênita.

Primeiros Socorros:
Ferimentos, Hemorragias, Asfixias, Afogamento, Estado de choque, Choque elétrico, Picada de animais peçonhentos, Desmaios, Convulsão, Envenenamento, fraturas, intoxicação, Parada cárdio-respiratório, Respiração artificial, Queimadura e higiene pessoal.

Drogas e soluções:
Princípios gerais no preparo e administração de drogas e soluções; Administração de, drogas e soluções por via oral, oftálmica, auricular, nasal e retal, Administração de drogas e soluções por via parenteral: intradérmica, subcutânea, intramuscular e intravenosa; Terapia intravenosa: indicações e contra-indicações, Principais acessórios e quipamentos utilizados na terapia intravenosa; Detecção e prevenção das principais complicações da terapia intravenosa.

Enfermagem Materno Infantil II:
Diagnóstico de Gravidez, Modificações das gestantes, Modificações gerais do organismo Materno, Atenção Pré natal, Tétano, Intercorrências clínicas mais freqüentes, Abortamento, Tipos de Gravidez, Anemia, Hipertensão, Eclampsia, Diabetes, Toxoplasmose, Infecção urinária, Amamentação, Período Clínicos do Parto, , Prevenção do Câncer Ginecológico, Prevenção do Câncer de mama

Noções de Adm de Unidades de Enfermagem:
Os profissionais de nível técnico, com exercício regulamentado por lei, integram uma equipe que desenvolve, sob a supervisão administrativa, ações de promoção, prevenção, recuperação e reabilitação referenciadas nas necessidades de saúde individuais e coletivas, determinadas pelo processo gerador de saúde e doença. Competências a serem desenvolvidas:
Prestar assistência a pacientes em estado grave ou agonizante em âmbito Hospitalar, domicílio, em unidade de emergência ou de tratamento intensivo, sob a supervisão. Analisar o processo de trabalho em Saúde com base no planejamento, na pesquisa, na organização e na qualidade de assistência, Atuar em programas de higiene, segurança e prevenção de acidentes de trabalho, técnicas corretas,Orientar e auxiliar o cliente/paciente na adaptação às limitações conseqüentes à doença.

Parasitologia:
Introdução, termos Científicos, Sintomas, Epideomologia, Patogenia, Complicações, Diagnóstico, Tratamento, Prevenção, Protozoários Intestinais, Entamoeba coli, Biologia do Parasito, Patogenea e Prevenção, Entamoeba Histolítica, Balantidium coli, Flagelados do Sangue e outros tecidos, Amastigota, Epimastigota, Promastigota,  Tripomastigota, Lishmania, Leishmania spp promastigota, Plasmodium spp, Fatores de virulência, Plasmodium falciparum, vivax, ovale, malariae, Parasitos oportunistas, isospora beli, Filo Asquelmintos Classe Nematoda, Tipos, Morfologia, Habitat, Ciclo biológico, Patogenia, Sintomatologia, tratamento, Diagnóstico, Profilaxia, Filo Plateomintos Classe Cestoda,

Enfermagem Cirúrgica:
Classificação das cirurgias, Ferida Operatória, Cicatrização da ferida Operatória, indicação de drenos, filosofia da cicatrizção, Fatores que Afetam o Progresso de cicatrização, Complicações na ferida operatória, Complicações na ferida operatória, Complicações na Ferida operatória, procedimentos de enfermagem, Preparo pré Operatório, Curativos cirúrgicos, Hemorragia, deiscência, evisceração.

Enfermagem Neo natal:
Assistência Materna; Desenvolvimento fetal; Alterações físicas e psicológicas na gestação; cuidados de saúde durante a gestação; Assistência de enfermagem no período intra-parto; Assistência imediata ao recém-nascido; Assistência mediata ao recém-nascido; Assistência de enfermagem a mulher submetida ao parto cirúrgico – cesariana; Assistência a mulher no puerpério; Complicações na gestação; Complicações no período puerperal, Assistência Materna, Objetivos da assistência materna, Importância da assistência pré-natal, Terminologia obstétrica, Concepção e desenvolvimento fetal, Período pré-embrionário, embrionário e fetal,  Formação dos anexos embrionários, Cório,  âmnio e líquido amniótico, Placenta, Cordão umbilical, Circulação fetal, gestação, Modificações gerais e locais do organismo materno na gravidez, Sinais presuntivos, prováveis e positivos de gestação, Anamnese e exame físico, Estática fetal, Consulta de enfermagem no pré-natal, O parto, Revisão da anatomia da pelve, Conceitos e generalidades, Sinais do trabalho de parto, Fatores que afetam o trabalho de parto, Relações materno-fetais
Períodos clínicos do trabalho de parto, Mecanismos do trabalho de parto, Assistência de enfermagem à mulher submetida à cesariana, Cuidados pré e pós-operatórios, Assistência de Enfermagem em Situações Especiais, Gravidez ectópica, Mola Hidatiforme, Deslocamento Prematuro de Placenta, Placenta Prévia, Rotura Prematura das Membranas Amnióticas,  Aborto, Doença hipertensiva específica da gestação, Assistência de enfermagem a mulher ao parto cirúrgico, cuidados no pré e pós-operatório, assistência imediata ao recém-nascido - Assistência de enfermagem à mulher no puerpério, Adaptação fisiológica e psicológica no período puerperal, Complicações no período puerperal, Atonia uterina, Hemorragia puerperal, Infecção puerperal

 

Topo

       

O ANGLO RESOLVE

TV WEB ANGLO
VESTIBULARES